No mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, os advogados Telma Bartholomeu e Rafael Antonietti, do Chiarottino e Nicoletti Advogados, escritório criado por Leandro Augusto Ramozzi Chiarottino, tiveram seu artigo sobre os avanços, dificuldades e desafios da legislação ambiental brasileira publicado no Diário de Notícias. No texto, os autores têm uma visão otimista e realista sobre o tema. Afirmam que a implementação da Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos caminha com a celebração dos Acordos Setoriais, o “lixo” finalmente é compreendido como valor econômico e algo que pode trazer reflexos sociais positivos. Rumamos para uma fase de premiação e valorização daqueles que cuidam do meio ambiente em prol da coletividade. As negociações da COP 21 e os ajustes no Acordo de Paris também devem impactar para nos adequarmos a economia de baixo carbono. Há novidades no âmbito florestal, no Cadastro Ambiental Rural, nas Cotas de Reserva Ambiental e muito mais. Como afirmam os especialistas: “Os desafios são vários, mas nossa vontade de acertar tem que ser maior. De modo geral, podemos comemorar o avanço da legislação ambiental brasileira”.

VER MATÉRIA NA ÍNTEGRA