Muitas pessoas estão passando por dificuldades econômicas devido à pandemia do novo coronavírus. A locação, despesa habitual de muitos cidadãos, passou a ser um problema para os indivíduos que tiveram seus rendimentos diminuídos. Nesse sentido, locatários podem alegar força maior para tentar reduzir ou suspender as mensalidades. Em reportagem divulgada pelo Conjur, Renato de Mello Almada, sócio de Chiarottino e Nicoletti Advogados, fundado por Leandro Augusto Ramozzi Chiarottino, explica que, dependendo da comprovação de redução dos ganhos financeiros do inquilino, a situação pode chegar à Justiça.

ACESSE