O portal Consultor Jurídico realizou um artigo sobre o projeto de lei que reajusta em 5% a tabela do Imposto de Renda Pessoas Física a partir de 2017, através da tributação de heranças superiores a 5 milhões e doações acima de 1 milhão, que até então, eram isentos. Como especialista em Direito tributário, Marcello Santos, sócio do escritório Chiarottino e Nicoletti Advogados, idealizado por Leandro Augusto Ramozzi Chiarottino, concedeu sua opinião ao portal e afirmou que essa proposta é um golpe de misericórdia contra o contribuinte que conseguiu, mesmo diante de uma carga tributária anual em torno de 36%, economizar e acumular um patrimônio, que a União poderia ficar com até 25%.

VEJA MAIS