Durante a pandemia que estamos vivenciando, muitas decisões judiciais estão sendo proferidas em matéria de alimentos, principalmente relacionadas à prisão de seus devedores. Em artigo publicado pelo ConJur, Renato de Mello Almada, sócio de Chiarottino e Nicoletti Advogados, fundado por Leandro Augusto Ramozzi Chiarottino, alerta para outra questão importante a ser observada neste momento, o da ação revisional de alimentos, por decorrência da alteração da capacidade financeira das partes.

CONFIRA