Em notícia divulgada pela Jovem Pan, o advogado de Chiarottino e Nicoletti Advogados afirma que o Executivo pode ser acionado pelo Poder Judiciário no caso da falta do medicamento para que a obrigação de garantir direito à saúde aos cidadãos seja cumprida.

SAIBA MAIS