Depois de alguns meses, a Presidência da República encaminhou ao Congresso Nacional o projeto da nova Lei de Falências e Recuperação Judicial e Extrajudicial. De acordo com o advogado Rodrigo José Marcondes Pedrosa, de Chiarottino e Nicoletti Advogados, a proposta corrige diversas distorções e abusos do instituto que ocorreram durante os 13 anos de vigência da lei. A reportagem foi veiculada pelo Blog do Fausto Macedo, do Estadão.

LER REPORTAGEM