Viver em um condomínio requer aos moradores atitudes de respeito, educação e consideração com os indivíduos que habitam o mesmo local, além do entendimento de regras impostas por leis. Porém, atritos entre as pessoas acontecem e, ultimamente, torna-se cada vez mais comum o desentendimento por conta de animais de estimação. Para saber mais a respeito das normas relacionadas ao assunto, leia o artigo de Rodrigo José Marcondes Pedrosa e Isabella Perez Censon, advogados que atuam na área de Contencioso Cível e Direito Imobiliário de Chiarottino e Nicoletti Advogados, publicado pelo blog Fausto Macedo, do Estadão.

LER ARTIGO